Cosmovisão do Kaos


O que é verdade? O que é realidade? No que você acredita?

Por que as pessoas muito focadas no inferno (ou umbral), sentem a necessidade de salvar toda o restante da humanidade? Será que a humanidade precisa ser salva? Você se preocupa muito com suas crenças apenas para alfinetar as pessoas ao seu lado ou você realmente segue as leis que acredita? Você quer impor seu modo de vida e sua religião ou quer viver em comunhão e liberdade? Todas essas questões não devem ser respondidas de modo leviano. Pense bastante a respeito. Escreva seu próprio livro da vida. Escreva suas próprias leis.

"Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês." (Mateus 7:2) Esta passagem bíblica é deveras interessante e oculta uma sabedoria de grande estima. Tudo é realidade. Mas nem tudo é a Verdade. Nós somos julgados pelas leis sob as quais nós nos subscrevemos. Oras, não é assim no mundo físico? Por acaso aqui no Brasil valem as leis dos países islâmicos? E porque na religião, na magia ou na espiritualidade seria diferente? Você é julgado segundo as suas próprias crenças. Você se subscreve a todo momento a um ethos e sob sua espada e escudo vive e morre e reencarna. A realidade é multifacetada e cada um vive a sua, muito embora a primeira vista pareca que vivemos todos uma mesma. Esta é a Lei de Ma'at em sua revelação última. O cristão crê no Céu e no Inferno. Eles são uma realidade para o Cristão. Mas em Verdade nem o Céu nem o Inferno existem. O Kardecista crê em umbral, colônias e uma outra miríade de cidadelas civilizatórias. Isso é real para eles. Mas em Verdade nada disso existe. O Helenista crê no Hades e no Elísios. Para ele isso é real. Mas em Verdade nada disso existe. O paradoxo sempre foi a chave para o entendimento do universo e da magia. Compreender que algo existe e não existe ao mesmo tempo. Que algo é e não é simultaneamente. E todas as aplicações que isso nos leva... Penso que em essência nada existe, só o Caos primordial. Tudo é impermanente como nos diz o budismo. Todos os mundos, os deuses, os anjos, os demônios, os devas, os reinos, absolutamente tudo está fadado ao colapso e a ser devorado, recriado, transformado, renascido, transcendido...

#Opinião #MagiadoCaos

© 2020

Arte, Magia & Liberdade 

Criado por Lua Valentia 

  • clube de autores
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • SoundCloud ícone social
  • Spotify ícone social