• Tom Luis

A aura, sua atuação e como tratar os desequilíbrios


Cada ser é único em sua complexidade e isso não se reflete apenas na genética ou pensamentos, é refletido também em nosso campo vibratório, o campo de luz que por muitos é chamado de aura. A aura pode ser comparada a uma grande assinatura ou impressão digital do nosso espírito e através desse campo é possível identificar padrões, deficiências energéticas ou energias densas que ficam ligadas a nosso corpo. De forma geral é ensinado que a aura alcança até um metro de distância em sua forma oval, mas a energia não é presa a matéria, é transcendente, ela ultrapassa os limites da concepção humana, sendo assim o conceito de tamanho é só mais uma variação de escolas iniciáticas ou ensinos e práticas energéticas. Existem diversos estudos que apontam camadas, alguns deles apresentando sete corpos relacionados aos sete CHAKRAS, mas aqui focaremos apenas ao que nos pode ser útil visando a busca pelo bem-estar.

1 - Corpo energético

Esse campo é uma duplicata energética do nosso corpo material. É a camada mais próxima e reflete as necessidades energéticas básicas, assim como também reflete as doenças. exemplo:

Deficiências energéticas, desalinhamento dos chakras, estados físicos que não queremos enxergar como padrões, doenças, mentiras e etc.

2 - Corpo Mental

Essa é a camada ligada diretamente a nossa consciência ativa e passiva (comumente chamada de consciente e inconsciente). Nesse campo da nossa aura são refletidos os pensamentos, os estudos, ensinos e conteúdo, ficando registrados assim também espiritualmente, não apenas no intelecto.

3 - Corpo Emocional

Cidade das emoções ou campo mutável é a aura dos sentimentos. Geralmente é o campo que apresenta as cores mais variadas e a sensibilidade mais tênue.

Esse campo reflete todas as emoções que vivemos: amor, raiva, ódio, inveja e o intuito do iniciado/adepto é buscar o equilíbrio desse campo, evitando altos e baixos emocionais, vivendo assim a constância e não a surpresa.

4 - Corpo Espiritual ou Extrafísico

Este campo mostra como está a consciência de cada indivíduo, é a camada ligada diretamente a nossa força de vontade, nosso ímpeto em busca da evolução. Está ligada ao corpo físico por um cordão prateado.

Através dessa camada acessamos outros planos de existências, planos sutis que nosso corpo físico não alcançamos. A camada extrafísica pode se manifestar com várias cores, da rosa até uma mistura de todas as cores do arco-íris.

Importante lembrar: O corpo extra físico é comumente associado a viagem astral.

COMO VER A AURA

Na teoria, todos nós temos a capacidade de enxergar a nossa própria aura e a de outros, mas é necessária a prática. Outro método é através da foto kirlian. A Kirliangrafia é um método de fotografia descoberto pelo padre Landell de Moura em 1904. Sob a designação de "O Perianto", ele descrevia minuciosamente os efeitos eletroluminescentes do que muitos acreditam ser a aura humana. Ele não pôde seguir adiante em sua pesquisa, parando-a em 1912, por questões doutrinárias da Igreja Católica, já que a técnica poderia revelar o que ele chamava de perianto, termo semelhante ao perispírito, usado pelos espíritas.

Existem alguns exercícios podem lhe auxiliar a enxergar a aura do próximo e, por vezes, a própria. Veja a seguir como treinar sua mente com dois exercícios distintos para ver auras:

Primeiro Exercício: Posicione a pessoa que deseja ver a aura em frente a uma parede ou superfície branca. Durante cinco minutos, olhe fixamente (tentando piscar o menor número de vezes possível) para uma cartolina ou superfície uniforme na cor azul. Em seguida, olhe para o indivíduo próximo a você e atente-se para a cor que será emanada de seu corpo. Esta é a cor da aura presente no momento, baseada no estado espiritual e físico.

Segundo Exercício: neste segundo método será preciso posicionar-se em frente a pessoa que deseja ver a aura. Em seguida, fixe o seu olhar em um ponto entre os olhos do indivíduo à sua frente durante cinco segundos, fechando seus olhos brevemente.

Por fim, abra os olhos e mire sua atenção para o topo da cabeça de quem está em frente. Conte até cinco novamente e feche os olhos, perguntando a si mesmo “qual é a cor da aura?”. Este segundo exercício exigirá uma certa intuição e treinamento para que a resposta seja certeira.

SIGNIFICADO DAS CORES

Com as técnicas corretas após ver a aura e identificar a cor é necessário saber o que cada uma representa para apresentar um resultado e aqui vai uma lista, mas nunca se prenda também escute sua intuição.

Aura Verde: associada à atividade mental, a cor verde na aura está geralmente localizada na região da cabeça. É símbolo de um espírito harmonioso, organizado e pacífico, o qual possui a virtude de amar e saber perdoar. São seres sensíveis, autoconfiantes, saudáveis em positivos.

Aura Amarela: também com relação positiva ao equilíbrio, a cor amarela simboliza a capacidade de o indivíduo em saber dar e receber. É esperançoso, preza pela família e por uma boa saúde, também apresenta reações físicas antes de esboçar emoções ou racionalizar.

Aura Azul: seja em seres humanos, animais ou plantas, a aura na cor azul é símbolo de tranquilidade, equilíbrio, paz interior e harmonia. Entre todas as cores do espectro, a aura azul é a que mais se preocupa com o bem-estar do próximo. É sincero, feliz e tem grandes capacidades de cura.

Aura Laranja: nos seres vivos, a aura laranja tem grandes sentidos e capacidades de realização, sensualidade, saúde, versatilidade e dinamismo.

Aura Dourada: curioso e paciente, estas são as principais virtudes de um detentor de aura dourada. Entusiasta do conhecimento, do funcionamento das questões da vida, do universo e tudo o que há nele. Nas pessoas, a cor dourada costuma estar presente na região torácica, associada com espiritualidade elevada, amor e prosperidade.

Aura Vermelha: a cor vermelha, assim como a luxúria e intensidade já intrínseca na cultura, representa o sucesso material, a vitalidade, coragem e força. No entanto, também simbolizam uma forte energia sexual e tendências à irritabilidade.

Aura Violeta: criativos e com uma espiritualidade bem desenvolvida, os indivíduos de aura violeta tem a capacidade de transformar sofrimento em aprendizado positivo. Possuem grande equilíbrio psíquico, emocional e espiritual.

COMO TRATAR A AURA

Existem diversos sistemas e práticas de cura para alinhar a sua aura, assim como os Chakras, e vou deixar duas dicas fantásticas:

A Meditação

Meditação não é uma técnica de relaxamento, não é uma prática espiritual e sim um ESTADO DE CONSCIÊNCIA." Tom Luis -Terapeuta Herbal

Meditar não significa sentar na pose de lótus, fechar os olhos e mantrar OM, meditar é estar consciente no momento, estar presente no agora. Esse estado de consciência vai elevar cada dia mais sua energia e seu campo áurico. Ao meditar elevamos nossa mente além das tarefas do cotidiano, acessando a essência do SER.

Um outro caminho é elevar a frequência dos nossos chakras, os centros de poder espalhados por nosso corpo, pois o desequilíbrio de algum chakra pode causar danos nas camadas da nossa aura. Se você quer entender um pouco mais sobre os chakras baixe agora o E-book gratuito: Guia básico – Os Chakras e as Ervas, esse material vai te conduzir para a cura energética através das ervas.

Gostou do artigo que preparamos para você? Então compartilha esse texto para mais pessoas desvendarem os mistérios do mundo herbal. Não esqueça de entrar no nosso grupo de estudos no facebook para não ficar de fora das novidades e dos conteúdos do Herbalismo Essencial.

Bênçãos Verdes!

#Aura #Autoconhecimento #Energia #Chakras #Meditação #HerbalismoEssencial #Herbalismo #Bruxarianatural #TerapiasHólísticas

© 2020

Arte, Magia & Liberdade 

Criado por Lua Valentia 

  • clube de autores
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • SoundCloud ícone social
  • Spotify ícone social