top of page

Magia do caos e cotidiano

Pequenos exercícios de sigilação para o cotidiano



Bom dia caro magista, já está de pé? Já realizou seu banimento? Já recolheu as ferramentas que ficaram no quintal recebendo a luz da lua? Já preparou seu banho? Seu chá? Arrumou o altar?


A magia possui um cotidiano bastante trabalhoso em suas tarefas básicas. As primeiras dificuldades a serem rompidas por um iniciante também envolvem assimilar tais rotinas, que estão muito além do simples treinamento. Qualquer magista precisa, por assim dizer, "limpar a casa", após ter realizado algum trabalho mágicko.

Demora certo tempo para que um magista iniciante seja capaz de utilizar adequadamente as verdadeiras ferramentas, a primeira delas, a confiança. Muito disso se deve a alguns fatores já bastante conhecidos: (1) a ânsia por resultados; (2) a complexidade dos intentos.

O que estarei propondo aqui pode servir como auxílio para superar os dois problemas, vamos lá.


(1) A ânsia por resultados é um dos problemas clássicos de todo mundo que começa uma nova tarefa. Uma semana de academia e já quero ver os resultados, isso é o sintoma comum a milhares de pessoas que abandonam os exercícios físicos por não alcançarem resultados rápidos. A angústia do imediatismo, muitas vezes provocado pelas opressões da vida cotidiana, a necessidade de sucesso e resultados imediatos, têm sido a causa de muita frustração na atualidade. Com a magia não será diferente. Quantos abandonam diariamente as práticas em função da ausência (aparente ou não) de resultados.


Estou partindo do pressuposto de que todo e qualquer indivíduo vivente, imerso na dualidade, participa da magia (consciente disso ou não). É relativamente fácil identificar indivíduos que praticam magia de forma completamente inconsciente (Muitas vezes, gerando prejuízos a eles mesmos!). Enquanto possibilidade natural, o horizonte da magia representa um pequeno, mas significativo, flanco de possibilidades que está sempre aberto aos que se voltam a ele. Nem todos os pássaros voam, embora a capacidade de voar seja inerente a eles.

(2) A magia do caos vai resolver os meus problemas. Olha, isso até pode ser verdade, mas é necessário trabalhar muito para isso, o que torna a idéia do resultado imediato um pouco complicada. Sempre estarei de acordo com a ideia de que o auxílio mágico é fundamental, e pode ser o determinante em muitas conquistas pessoais ou públicas. O que quero indicar aqui é que um intento mágico que se relacione com uma questão pessoal muito importante será mais difícil de performar, visto que a carga mental a ser aplicada nisso é muito mais complexa, o que pode gerar grande dificuldades em sua "desidentificação" (o nome chique para o "esquecimento" que deve ser operado sobre o intento mágico).

É aí que o principiante pode se lascar. Ao começar suas práticas tentando performar intentos muito significativos ou complexos, também amplia suas chances de fracassos. Sempre gostei de contemplar as metáforas do cotidiano, dos detalhes, as pequenas coisas que podem ser muito enriquecidas com uma pequena pitada de mágica. Se você fosse um pássaro capaz de voar, faria isso apenas para sobreviver? Ou iria sair voando por aí? Curtindo essa capacidade incrível de ver o mundo a partir de suas próprias asas?

Por que a magia precisa ser a arma para resolver suas questões mais problemáticas, quando ela pode ser a sua fonte saudável de diversão? Se a magia faz parte da sua vida, é importante rir com ela (ou rir dela também!).

Assim, no embalo das práticas do treinamento para o coven, aponto alguns exercícios de sigilação que podem ser performados com simplicidade e com possibilidades de eficiência na observação dos resultados.


1 - Faça um amigo te ligar. Construa e ative um sigilo a partir de uma sentença objetiva, por exemplo: "Fulano vai me ligar amanhã às 15 horas.". Tome nota de tudo, afinal, isso é um exercício para que você consiga experimentar e sistematizar o que está funcionando, ou não.Esse sigilo pode fazer a pessoa escolhida entrar em contato com você em até dois dias (depende do que você escrever), seja por telefone, e-mail, sinal de fumaça, etc. Recomendações: Não é recomendado fazer isso contra inimigos, ou em relação a amores não-correspondidos, ou propostas de trabalho em aberto, ou quaisquer usos decisivos para sua vida. Trata-se de um sigilo de treino de ativação, que não deverá fazer mal a ninguém e que será facilmente destruído por barreiras mágicas. Use-o em pessoas com as quais sua relação é boa e pacífica, pais, irmãos, amigos, companheiros, etc. O sigilo "assopra" a lembrança de seu nome no alvo, e ativa nele o desejo de procurá-lo.



2 - Já pensou em usar um sigilo como despertador? Programe um sigilo para te acordar em um horário determinado. Use a sentença "No dia X, eu acordo às X horas" , construa e ative o sigilo. Este é um ótimo sigilo para experimentar o distanciamento entre o lançamento do intento e a sua efetivação, tente programar com horas, dias e até semanas de antecipação, e vá observando os resultados. Se você quiser complicar um pouco mais, também pode programar o modo como deseja acordar, se quer acordar tranquilo, se quer tomar um susto (O que eu não recomendo, rsrs), etc.


3- Já pensou em sentir um determinado perfume em sua casa? Programe um sigilo para isso. "Há um perfume de rosas em minha casa às 15 horas do dia X", crie e ative o sigilo. Você pode variar em múltiplos aromas. Interessante observar se outras pessoas que residam com você também percebem o aroma.



Acredito que os três exercícios acima descritos podem dar uma boa ideia de usos mais lúdicos das práticas mágicas, com os quais o iniciante pode "brincar" e obter grandes resultados práticos, além de informações preciosas que podem auxiliá-lo futuramente na realização dos grandes intentos.


Espero ter ajudado.


Choyofaque!


M:.W:.



5 Comments


Mas a magia também pode ser trabalhada fora dessa nova ortodoxia caoísta emergente (obrigação de fazer sigilo para tudo, por exemplo). Eu me afino com o princípio básico do caos, que é o de que tudo s conecta com tudo, portanto meu cotidiano já traz todo o simbolismo de que preciso. E o acúmulo de técnicas até pode suscitar charme e poder social, coisas q fazem parte do rolê também, mas não necessariamente ajudam a mover as probabilidades na direção desejada. Enfim, apenas expressando minha preguiça diante dos penduricalhos que fascinam tanta gente

Like

Rafael Mônico
Rafael Mônico
Jul 31, 2021

Fez todo sentido! Qdo criança começamos com pequenos passos, e geralmente lúdicos. Obrigado pelo post e nós fazer lembrar disso!

Like

Fabiana Matias
Fabiana Matias
Jul 15, 2021

Mega iniciante , mas amando suas dicas . Só aumenta ainda mais meu querer em me aprofundar mais e mais , pois me sinto atraída demais por essa magia do Caos. 🙌

Like

.
.
Jul 05, 2021

Usei muito suas dicas, Modo!! Obrigadão!!

Like

Márcia Queiroz
Márcia Queiroz
Jun 15, 2021

Muitíssimo obrigada por esse estudo🌛)0(🌜

Like
© Copyright
bottom of page