Miasmas e o ritual de Khernips



Avance, levando diante de mim tições em chamas, e, como ordenam os ritos sagrados, purifique com incenso cada fenda do ar, para que eu possa respirar o hálito do céu livre de contaminação; entretanto, no caso de o pisar de pés impuros sujar o caminho, agite a chama purificadora acima dela e brandir a tocha na frente, para que eu possa passar no meu caminho."

-Euripides, Helena



Para o helenismo e muitas correntes espiritualistas, existem fatores e situações que poluem nosso corpo espiritual, o nome dessa sujeira é miasmas, poluentes que podem ser tanto no ambiente físico, quanto no corpo sutil de todo ser humano.


O miasma surge sempre que o lugar ou pessoa entra em contato com morte, doença, nascimento, sexo, emoções negativas excessivas, fluidos corporais. A falta ou o contato de qualquer forma com os Deuses podem ocasionar miasmas. A principal informação que você deve carregar é que os miasmas não vão conter nenhuma represália dos Deuses, pois como seu corpo fica sujo os nossos corpos sutis também ficam sujos, cabe a nós limpar, se você está vivo vai atrair miasma de qualquer forma, é uma coisa mortal.

Em sua obra Os Trabalhos e os Dias, Hesíodo escreveu (Hesíodo, Os Trabalhos e os Dias, 724-6):

"Não despeje libações de vinho espumante para Zeus e outros imortais ao amanhecer com as mãos sujas - eles não ouvem suas orações, mas cospem de volta."

Quando se entra em contato com os Deuses, deve se purificar dos miasmas. Eles não desejam entrar em contato com esses aglomerados de sujeiras, logo precisamos nos limpar e ter certeza de não os ofender. Novamente faço analogia com à sujeira física, quando vamos encontrar com alguém importante, seja o crush, alguém que queremos impressionar ou uma autoridade, precisamos estar limpos e ter a certeza de não ofendê-los, desse modo tomamos nosso banho, escovamos nossos dentes, passamos aquele perfume predileto. Queremos estar prontos, radiantes para essa pessoa, por que seria diferente com os Deuses? Consequentemente, precisamos nos limpar antes de rituais ou qualquer ato da sua rotina devocional. É aqui que entra o ritual de Khernips.


Khernips, também conhecido como água lustral, água sagrada, pode ser usada na sua prática devocional ao seu Deus de devoção. É aconselhável ser feito antes de rituais, ou libações, oferendas e para se limpar dos miasmas! Pode ser usado para curar corpo/mente/espírito, limpar ambientes, altares, pessoas, animais de estimação, pode ser empregado para abençoar ou consagrar qualquer coisa e para apagar um fogo em contexto ritualístico. O ritual de Khernips para os gregos é uma prática comum, normal e que todos praticavam por esse motivo é bem difícil achar material histórico.

Materiais:

· Uma tigela de preferência preta;

· Sal grosso ou água do mar;

· Água de lua;

· Um pequeno galho, pode ser Arruda, Artemísia, Alecrim, Tomilho, Lavanda, Zimbro ou Louro;

· Um isqueiro ou alguma outra chama;

· Um pano.

O que fazer:


1. Despeje um pouco de água da Lua na tigela; misture a água de lua com água do mar. Se não houver água salgada coloque um pouco de sal.

2. Acenda a erva seca (eu tenho preferência por uma folha de louro), enquanto a erva queima observe que o ritual engloba os quatro elementos, volte a atenção para o elemento água, o ramo de erva simbolizando a terra, quando aceso o próprio elemento fogo e com sua combustão resultando no elemento ar.

3. Quando estiver a erva perto do seu fim jogue ela na água e diga Xerniptosai - Χερνιπτομαι (pronúncia Zer-nip-tos-aye) que significa “Seja purificado”

4. Lave as mãos com a água, depois o rosto. Você pode ir falando Xerniptosai enquanto faz esse processo.

5. Respingue a água lustral em seu corpo e em volta de você, se tiver mais pessoas pode respingar em todos os participantes, enquanto pronúncia:


“Εκας εκας εστε βεβηλοι” (“Hekas hekas este bebēloi”), ou “vá embora, vá embora, profano!”


6. Seque as mãos e o rosto com o pano.

7. Pode encerrar sua prática ou dar início a outro ritual ou devoção.


Um ritual simples, porém, extremamente eficaz. Quando terminar de limpar suas mãos, aproveite aquela água para posteriormente limpar seu altar, suas imagens ou o que desejar.






Referências:

https://setjataset.wordpress.com/2014/05/26/pagan-blog-project-k-is-for-khernips/


https://www.patheos.com/blogs/hearthwitchdownunder/2017/03/all-about-khernips.html


http://baringtheaegis.blogspot.com/2016/05/khernips-masterpost.html?m=1

© 2020

Arte, Magia & Liberdade 

Criado por Lua Valentia 

  • clube de autores
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • SoundCloud ícone social
  • Spotify ícone social