[SÉRIE PEQUENOS ESTUDOS SOBRE O TARÔ I]

Você conhece a história do tarô?

O tarô é um dos sistemas divinatórios mais procurados pelas pessoas hoje em dia. Não há quem não conheça o tarô, seja através de um amigo que joga e faz disso sua profissão, seja usando o

tarô como uma ferramenta de autoconhecimento, seja em filmes (temos toda uma cultura pop aí que faz referência ao tarô) e por aí afora.

Muitos de nós recorremos ao tarô quando estamos em dúvida sobre que direção tomar ou simplesmente quando queremos iluminar um pouco mais o caminho adiante.


Com tudo isso, eu te pergunto: você sabe de onde surgiu o tarô? O que você conhece da sua história?


Muitas possíveis origens já foram traçadas para o tarô, desde o antigo Egito e até mesmo à lendária Atlântida. Na verdade, ainda hoje existem pessoas que defendem serem essas a origem do tarô e eu não estou dizendo que não seja, porém apresentarei um ponto de vista diferente.

Atualmente temos muita gente pesquisando sobre a origem do tarô e como nossa tecnologia avança a cada dia, novas teorias surgem. Porém, mesmo assim, não se sabe ao certo de onde ele veio ou o motivo de sua criação.

Os documentos mais antigos que fazem referência ao tarô datam do final do século XIV; não temos nada na literatura ou arte que mencione algo referente à isso antes da Renascença.

Mesmo após seu surgimento, o tarô não era como a gente conhece ele hoje, ele foi evoluindo: ele não tinha necessariamente 78 cartas, as cartas não eram numeradas e nem necessariamente tinham nome.


Entre 1500 e 1650 começaram a surgiu nomes nas cartas, como no tarô de Catlin Geofroy ou a numeração, como no tarô de Jacques Vieville.

Os tarôs também variavam em número de cartas: alguns continham 97 cartas, como o tarô de

Minchiate, outros 50 como o tarô de Mantegna e alguns 37, como as cartas de Sola Busca.

Em 1690 os tarôs começaram a obter a formação definitiva de 78 cartas similar à do tarô de Marselha e também não sabemos o que levou a essa formação.

O tarô permaneceu isolado no continente Europeu de 1369 até aproximadamente 1870, tendo chegado nos Estados Unidos por volta de 1870 e 1920 e na América do Sul entre 1930 e 1980.


BIBLIOGRAFIA CONSULTADA:


NAIFF, Nei. Curso Completo de Tarô. São Paulo: Alfabeto, 2017.

Copyrights

© 2020

Arte, Magia & Liberdade 

Criado por Lua Valentia 

  • clube de autores
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • SoundCloud ícone social
  • Spotify ícone social