Servidora astral Atropeides, para cortar vínculos e encerrar ciclos.

E aí pessoal? O que é que o jovem caoista mais gosta de fazer?

Quem respondeu amarração e servidor meia boca acertou!

Então vim entregar para vocês o contrário disso tudo:

Atropeides, a Lâmina que corta as amarras Minha primeira servidora pública, passei mais de 4 meses alimentando com meu conhecimento em Psicologia e Ocultismo! Enjoy! Servidora criada para auxiliar o Magista à encerrar ciclos, ligações e vínculos que não fazem mais sentido em sua vida atual ou que lhe tragam dor. Dentre seus domínios estão a capacidade de auxiliar no processo de luto, cortar vínculos tóxicos estabelecidos por convívio e relacionamento (não necessariamente afasta a pessoa, mas quebra a conexão energética dela com você) e também elimina ligações artificiais, sejam auto impostas (crenças limitantes) ou criadas por terceiros (amarrações e dependências emocionais).

Atropeides foi criada ligada à egrégora de Atropos, uma das tecelãs do destino na mitologia grega, justamente a que carregava as tesouras para cortar o fio do destino/vida do indivíduo. No caso, Atropeides tem o poder de cortar apenas ligações que já de desgastaram e que não deveriam mais estar ali ou, cortar ligações falsas. Por lidar com a temática do encerramento de histórias, também pode ajudar a enfrentar lutos e perdas, sem apagar as memórias, mas liberando a energia guardada naquele trauma para que o usuário possa se re-estabelecer e seguir em frente.

Atropeides é PROÍBIDA de separar conexões legítimas entre terceiros, então esta servidora NÃO SERVE PARA SEPARAR CASAIS se você estiver interessadx em uma das pessoas, mas pode te ajudar a esquecer um amor não correspondido. Se você quiser ajudar alguém a superar uma relação abusiva peça que a servidora corte os laços de dependência emocional da vítima, Atropeides liberará a conexão e direcionará a energia para que a pessoa se torne autosuficiente, o que não quer dizer que a pessoa vai querer ficar com você.

Como redirecionadora das energias e conexões, Atropeides depende muito da clareza das intenções do magista, recomenda-se o uso de leituras oraculares antes da ativação da servidora.

Algumas pessoas vieram comentar ou me perguntar no inbox sobre o uso da servidora em casos de relacionamento abusivos que testemunharam. Embora a ação da servidora possa ajudar a desfazer laços abusivos ATROPEIDES FOI CONSTRUÍDA PARA FOCAR A INTENÇÃO E A VONTADE DE MUDANÇA DO INDIVÍDUO, NÃO A TESTEI E NEM A CONSTRUÍ PARA A UTILIZAÇÃO EM PROL DE TERCEIROS.

Usem por conta e risco, lembrem que se a vontade dos envolvidos for diferente da sua, que está por fora do relacionamento, os efeitos podem sair diferente do esperado.

Ativação: Consagre uma tesoura , limpando-a com álcool e acendendo uma vela nas cores Preta, Roxa ou Branca, com o sigilo da servidora riscado na vela. Escreva uma breve descrição da situação que você quer ver encerrada, pode ser num papel comum, ou no verso da foto de uma pessoa que vc quer se desconectar, etc

Após o combo básico de Banimento + Gnose + Evocação recite os versos:

“Tudo que começa se acaba, Todo encerramento é um novo começo, Todo começo é o encerramento de Um começo anterior. Aqui encerro este ciclo e me abro para o novo.”

Banir ao final.

Para banir a servidora ou cancelar o contrato lave a tesoura consagrada com água e sabão e use-a para corta o desenho do sigilo. Como pagamento Atropeides aceita oferenda de velas (Prestas, Roxas ou Brancas), agradecimentos públicos ou doações em dinheiro ou de bens que você não usa mais para a caridade.

Modo de criação: A idéia de um servidor para auxiliar a encerrar vínculos problemáticos sempre me ocorreu, porém para firmá-lo com bastante força comecei o planejamento à longo prazo. No solstício de inverno deste ano comecei as visualizações de seu nome e função.

Ao longo dos meses continuei a estudar correspondências mitológicas e alimentá-lo com conhecimentos teóricos sobre o trabalho em situações de luto, término de relações e consequências de relacionamentos abusivos.

Finalmente, nos 5 últimos dias anteriores ao Haloween (31/10/2019) comecei o trabalho final para disponibilizá-lo publicamente. Carreguei sua energia com mantras à Shiva e convoquei sete servidores dos 40 para “apadrinhá-la”.

Consagrei o corpo físico, no caso uma tesoura nova limpa com álcool, e inscrevi um cartão com o sigilo final. No começo e no final utilizei o banimento do Ritual do Globo Celeste e entrei em gnose com os mantras à Shiva e espalhei óleo de serpente nos punhos e na testa. Atropeides concordou em prestar serviços ao público, firmei os detalhes do contrato, método de destruição e limitações. Firmei este contrato e finalizo o processo compartilhando o servidor com o grupo Magia do Caos.

Para subsistência Atropeides se alimenta da energia gravitacional da Lua, sendo mais forte na transição entre a lua Minguante e a lua Nova. A mudança das marés também a alimentam. Observações: Usei de base imagens que consegui de maneira legal em site de estoque de imagens e editei bastante para ficar adequada. O Sigilo fui eu mesmo que fiz.

📷


© 2020

Arte, Magia & Liberdade 

Criado por Lua Valentia 

  • clube de autores
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • SoundCloud ícone social
  • Spotify ícone social