Conheça a earthship, casa sustentável perfeita para bruxas

04/09/2016

 Imagine não ter que pagar conta de água, luz e ter uma casa com esgoto independente? Imagine ser livre do sistema e produzir a maior parte do que você consome? Pensando no futuro, você também pode construir um lar elegante, confortável e que pode se manter estável por longos períodos. 

 A empresa estrangeira Earthship Biotecture leva a sustentabilidade ao seu nível mais radical. O conceito da Earthship transforma sua vida num dia-a-dia singular, celular, individual e descentralizado. A Earthship é construída com um sistema todo interligado Ou seja, você é, de fato, independente do sistema.

 

"Pneus e garrafas de vidro ou plástico, latas de refrigerante, embalagens recicláveis - muitos diriam "montanhas de lixo imprestável sujando a paisagem", mas nem todos sofrem da "limitação da imaginação sem limites". Na Califórnia da década de 1970 indo contra todas as convenções um arquiteto chamado Michael Reynolds viu possibilidades onde outros viam restos.


A base de sua bioctetura é a ideia de construções energética e climaticamente sustentável construídas com o refugo de uma sociedade que o produz mais do que qualquer outra coisa. Reutilizando materiais considerados lixo, busca-se desenvolver tecnologias de longa duração que visem acima de tudo a autonomia e conforto de seus habitantes com baixo impacto sobre o meio. Daí a ideia de uma casa que seja uma "naveterra".

 

Casas de pneus conservam uma temperatura agradável em meio ao deserto e à neve, capazes de resistir a terremotos e furacões, verdadeiros bunkers, extremamente baratas e duráveis. Uma parede de pneu se rebocada de forma apropriada, coberta por um telhado, pode durar nada menos que 30.000 anos. Sem falar que para construir uma casa naveterra são utilizados de 500 a 5000 pneus usados, que se não fosse esta proposta acabariam em lixões e arroios nas zonas rurais ou nas periferias das cidades.

 

Todo o sistema de construção está interligado inteligentemente como um ser vivo. Além dos humanos os Earthships construídos no deserto do Novo México abrigam plantas tropicais como bananeiras e tomateiros irrigados com a água utilizada das pias das cozinhas. Sua energia produzida pelas potencialidades infinitas do sol e do vento dispensa a necessidade de postes e monstruosidades como grandes hidroelétricas. Seu Esgoto é tratado em um espaço adjacente a casa através de um sistema alimenta plantas e permite a criação de adubo orgânico.

 

A naveterra pode ser uma solução viável para as construções em uma zona autônoma. Criar a casas e espaços coletivos, bibliotecas e oficinas quase inteiramente com garrafas, latas e pneus cheios de terra diminui em muito os gastos que são reduzidos a questões superficiais quanto ao acabamento, podendo ser ainda mais minimizados com a aplicação conjunta de outras técnicas". Fonte: Texto via Wikia

 

As casas são construídas ao redor do mundo, com materiais recicláveis. O terreno é estudado e a arquitetura analisada para obter os melhores ângulos de fontes de energia naturais. Caso o cliente não queira contratar um serviço pronto, a empresa disponibiliza manuais para que ele mesmo possa construir sua própria casa (ou obter ajuda para tal). 

 “Muitos anos atrás, eu construí uma versão inicial do modelo de sobrevivência que estamos apresentando agora. Eu construí o prédio com a ajuda de amigos. [...] Eu vivi lá por um tempo em total liberdade porque eu não tinha contas. Eu possuía a minha vida”, afirma Michael Reynolds, principal arquiteto responsável. 

Todo o sistema é pensado de forma a tornar a casa independente, desde captação e tratamento da água, da obtenção de energia elétrica de fontes naturais (sol e vento), até à produção de alimentos orgânicos. O design das casas lembra um pouco o de Star Wars

 

Veja como a earthship pode ser no seu interior: 

Please reload

Please reload