Ritual Anual de Jano

29/12/2017

 

 

Bom, sabemos muito bem que o Ano novo é uma celebração com origem 100% pagam correto?

Não sabia dessa informação ainda? Então antes de prosseguir, recomendo um breve vídeo esclarecendo-o a respeito.

>>> A origem do Ano Novo

 

Entre os atributos de Jano, temos o título de Deus Romano dos começos, dos fins, das portas, da passagem, da transição, passado, presente e futuro, até aqui vemos que ele é uma Deidade relevante o suficiente para ser lembrada no Ano Novo do calendário Gregoriano. Existem muitos outros atributos atrelados a Jano, o que o tornou um dos Deuses mais cultuados de Roma, mas por hora, possuímos a informação necessária para prosseguir.

 

Pare para pensar em dois desejos, um que expresse algo que você queira se livrar e deixar cada vez mais para trás e outro no qual você quer obter e se aproximar cada vez mais. Com o desejo em mente, agora pegue uma chave que escolheu para atribuir a Jano, esta chave será o receptáculo de toda a egregora desta deidade ao longo do ano. No momento em que começarem a soltar os Fogos, levante a chave na direção do terceiro olho enquanto pensa em Jano, com sua face velha voltada para o passado, e sua face nova voltada para o futuro, imagine isso e recite o encantamento:

 

 Jano, Jano , Jano

Eu te evoco

Com sua egregora realizo a transição do ano

E todo dia primeiro, será teu dia Jano

 

Um desejo Realiza para mim 

Outro desejo é para me garantir o fim 

 

Pensar em ambos os desejos, explicando mentalmente e em conexão com a egrégora de Jano, aquele que você deseja que aconteça nesse novo ano, e aquele que se manifestou o ano anterior e você deseja se libertar. 

 

Visualize Jano olhando para você e seus desejos, sinta a energia dele fluir para você, deixe os fogos explodirem lá fora e cada estouro é como a energia de Jano sendo liberada. Sinta todas as pessoas receberem o novo ano e absorva ao máximo essa energia liberada no ar, cada champanhe aberto com um grande estouro, veja Jano em cada um desses gestos, sinta sua energia, seu barulho, e o quanto as pessoas se expressam na virada do ano,

Imagine toda essa energia se concentrar na chave que escolheu para ser o receptáculo da energia da Deidade, e quando achar que está forte o suficiente, sele com uma cruz.

 

Jano é um Deus ligado a muitos atributos, são tantos que sua energia pode ser usada para qualquer situação em que se queira uma mudança, uma transição, o fim de algo e começo de outro, pois Jano é a própria dinâmica da transição. A partir de agora, todo dia 1º deverá ser tirado alguns minutos para novamente levantar a chave e se conectar com a egrégora de Jano, reforçando o pedido feito para o ano e pode-se aproveitar todo dia 1º para iniciar algo que de resultado a curto prazo, especialmente se for uma Lua Nova ou Lua Cheia, sob a egrégora de Jano. Basta que se lembre dele todo dia primeiro e recolha sua energia a cada transição de Mês e Ano. Quanto mais se dedicar, mais força irá acumular e mais poderá aproveitar dos ventos da mudança que Jano nos trás.

 

É uma Deidade que também trabalha  perfeitamente bem com outros Deuses específicos:

Quando trabalha com Vesta, garante a proteção ao lar.

Com Marte, pode iniciar guerras e findá-las

Com Saturno ajuda na colheita daquilo que se plantou. 

 

Também recomendo checar seus epítetos, que são como palavras chaves para atributos específicos relacionados a Deidade:

 -Belliger (Portador da Guerra)

 -Clusius (Aquele que finda / Abóbada Celeste)

 -Coenulus (Anfitrião)

 -Consivius (Semeador / Iniciador da Vida)

 -Curiatius (Sobrenome de Janus associado aos ritos do Tigillum Sororium ao lado da Deusa Juno)

 -Deus Divom (Deus dos Deuses)

 -Duonus Cerus (O Bom Criador)

 -Geminus (Gêmeo / Duplo / Da Semente Seminal)

 -Janitor (Porteiro)

 -Junonius (Sobrenome em que era invocado nos trabalhos ao lado da Deusa Juno nas Calendas)

 -Matutinus (Da Luz da Aurora)

 -Pacificus (Portador da Paz)

 -Pater / Januspater (Pai)

 -Patulcius (Aquele que Abre)

 -Popanon (O que recebe as oferendas)

 -Potissimum Melios Eum Recum (Mais poderoso dentre os Reis)

 -Quadrifrons (De quatro faces)

 -Quirino (Aquele que retorna com a paz / O que inicia e finda o ano)

 -Rex (Rei)

 

 

Seguirei este ano inteiro com este ritual, e retornarei próximo ao ano novo de 2019 para lhes dizer o resultado.

 

Um Excelente Ano Novo para você! 

 

Saturnino

 

 

 

 

 

Referências:

http://mahoutatsuryu.blogspot.com.br/2014/10/janus-deus-da-transicao.html

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Please reload