Entrevista com Thay D.

21/11/2019

 

Specula: Por favor, conte-nos um pouco mais a seu respeito.

 

Resposta: Me chamo Thaylon e sou biomédico graduado embora não exerça a função no momento, também sou ator e cantor que são as duas grandes paixões da minha vida, no entanto a arte para mim pelo menos nessa fase da minha vida é apenas um Hobby que hora ou outra eu faço de forma profissional. Neste momento vivo em Buenos Aires pois decidi mudar um pouco minha vida que já estava estagnada e sem crescimento em Goiânia (cidade onde vivia no Brasil), e eu fico meio louco com estagnação, então sempre estou mudando minha rotina, hábitos, aparência rs, tive a oportunidade de vir fazer uma graduação universitária e aqui estou trabalhando e estudando.

 

Specula: O que é magia para você?


Resposta: Eu a vejo como uma força cósmica que pode ser usufruída tanto para modelar a sua realidade física quanto a sua realidade interior, é transformação, transmutação, vejo-a como algo que embora esteja ligada a ciência vai mais além das nossas capacidades atuais de medi-la, a forma como ela atua na minha concepção também está muito ligada a sua capacidade de compreensão do funcionamento das coisas, da sua consciência sobre ação e reação. Por tanto, magia é para todos, porém nem todos sabem usufruir desse poder.

 

Specula: Como você começou o seu caminho dentro do ocultismo?


Resposta: Bem, eu leio assuntos ligados ao ocultismo já há bastante tempo, um pouco mais de 14 anos para ser mais específico, eu tinha 13 anos quando comecei a ler sobre parapsicologia, dimensões alternativas, espiritismos e etc., mas o grande “clique” veio quando eu li um livro chamado “Esoterismo, Parapsicologia e Psicologia” – Newton Milhomens, havia entrado numa biblioteca da cidade e o livro mais feio, velho e usado parecia que me chamava dentro todos os outros novos na estante, isso já com 17 anos, cara esse livro foi o meu iniciador no esoterismo em geral, foi o “BOOM” que eu tive naquele momento da minha vida e que de repente todos os meus questionamentos começaram a ter uma resposta, daí em diante eu comecei a ler sobre cabala judaica, lojas esotéricas e conheci pessoas que me ajudaram muito a descobrir a realidade das coisas por assim dizer. Foi então que comecei a praticar magia em um grupo adepto de Samael Aun Weor (Gnose Samaeliana) fiquei aí por um bom tempo, até descobrir coisas bem erradas, perder amizades, cair em depressão e me abster do ocultismo por um tempo. Nesse meio tempo fui de Umbanda Traçada com Quimbanda o que já é uma história bem larga... E hoje aqui estou, estudando magia do Caos e Thelema (mais por questão de conhecimento), embora queira ter uma base sólida de magia do caos para me iniciar.

 

Specula: Quais são as suas principais referências dentro do ocultismo?


Resposta: Newton Milhomens, Franz Bardon, Marcelo Motta, Samael A.W., Dion Fortune, Peter Carroll (Claro).


Specula: Quais são as vertentes ocultistas que você pratica?


Resposta: No momento estou focando apenas na Magia do Caos por uma questão de prática e iniciação, porém leio bastante sobre Thelema, Quimbanda e outros.


Specula: Quais são os seus patronos?


Resposta: No momento de não iniciado, tenho um carinho pela Deusa Pyrena e Lúcifer


Specula: Quais são os seus livros favoritos de ocultismo?


Resposta:
Iniciação ao Hermetismo – Franz Bardon
Esoterismo, Parapsicologia e Psicologia – Newton Milhomens
Magia Aplicada – Dion Fortune
O Livro Negro de Satã – Conrad Robury
Order Of The Nine Angles  – Thorold West.


Specula: Conte-nos algo assustador que já aconteceu com você durante alguma prática!


Resposta: Há muito tempo atrás quando praticava gnose Samaeliana, entoei mantras e meditei com o objetivo de conseguir fazer uma viagem astral, porém sem sucesso, no entanto durante a noite ao dormir tive um clique e de repente percebi que estava em uma viagem astral, no entanto toda a alegria que eu tinha nesse momento acabou quando eu vi um Elemental de baixa vibração(ou algo do tipo), era um monstro horrível que vinha na minha direção e eu sem conseguir gritar nem nada, por um momento esqueci que eu poderia simplesmente voltar (ou não), senti um puxão no meu corpo, comecei a cair e acordei no corpo físico. Todas as experiências assustadoras que ocorreram comigo foram no plano astral, imagino que pela falta de preparo minha.


Specula: Conte-nos algo de encantador que já aconteceu com você durante alguma prática!


Resposta: Bem, acho que foi minha primeira viagem astral, eu simplesmente não podia acreditar, depois de tanto tempo meditando e entoando mantras eis que um dia eu durmo e no meio da noite sinto meu corpo vibrar freneticamente, quando abri os olhos eu via uma luz, uma eletricidade percorrendo todo meu corpo, eu estava acordado porem estava flutuando sobre meu corpo, a sensação era incrível, eu aproveitei para dar umas voltas e já se pode saber no que deu né... Mas pelo menos no início foi super emocionante rs.

 

Specula: Por favor, diga-nos algo sábio que você aprendeu dentro do ocultismo. Pode ser alguma citação de outra pessoa, algo que você vivenciou e te marcou etc.


Resposta: Olha, aprendi que o ocultismo é um universo que pode te prover sabedoria e conhecimentos muito profundos, se você tem sede de saber o que há aí, se você deseja conhecer o “Bem e o Mal” ele acaba se tornando uma mina de ouro, no entanto é necessária muita maturidade, ele te pode libertar ou aprisionar! Tudo nessa vida gira em torno da sua capacidade de assimilar as coisas de forma madura e no ocultismo isso é essencial, digo por experiência própria!


Specula: Você tem algum projeto dentro do ocultismo que você gostaria de divulgar? (Exemplo: loja, blog, vlog etc).


Resposta: No momento nada relacionado a mídias sociais, talvez em um futuro quando eu tenha bastante conhecimento de magia do caos role algo, no entanto estou escrevendo um livro de ficção e aventura baseado no mundo do ocultismo e que a depender do andar da carruagem eu pretendo criar um panteão em cima desses contos.


Specula: Por favor, deixe um recado final para nossos leitores!


Resposta: Acredite em si mesmo, acredite que é capaz, seja forte e resiliente e acima de tudo muito consciente de suas ações dentro da magia!

Please reload

Please reload